Reiki – a cura com as mãos

reikiRei é a energia universal, essência que mantém e permeia todas as coisas e se manifesta em toda a criação: no Cosmo (estrelas, astros, planetas) e na Terra (vegetações, minerais, animais, no homem e até em seres inanimados). Deveria circular em total harmonia entre si e o TODO. ki, ou energia vital, é chamada assim pelos acupunturistas. Hipócrates a chamava de fisis, os hindus de prana. Esta energia desequilibrada faz adoecer, mas uma vez reequilibrada, permite sair do estado de doença, passando para a saúde, muitas vezes sem traumas. O Reiki faz o equilíbrio desta energia no Todo e no indivíduo. É um método profundo de autocura e relaxamento que, descendo em “espiral”, vitaliza tudo, equilibrando energias e dissolvendo barreiras, nos níveis físico (dores, febres, intoxicação, feridas, queimaduras, toxinas), mental (dependência de substâncias viciantes), emocional (depressão, traumas, insônia, mágoa, síndrome do pânico, ansiedade, medo) e espiritual (desenvolve a fé, expande o nível de consciência, a amorosidade, a compaixão), trazendo, conseqüentemente, equilíbrio a todo o corpo. São toques suaves em pontos de conversão de energias; desfazem-se “nós” nos canais elétricos do sistema imunológico. Assim, todo o corpo é despertado e harmonizado. Podemos denominá-lo como mudança de paradigmas, que pouco a pouco vai nos proporcionando a capacidade de olhar através das dificuldades físicas e cotidianas, dos limites, e perceber a verdade, a intemporalidade e a capacidade de crescimento. Corresponde ainda a uma avançada teoria da Física Quântica de superposição de campos de energia. Einstein elaborou e provou cientificamente que se pode transformar a matéria em pura energia e a energia em matéria, porque ambas são dimensões da mesma realidade. Praticando Reiki, aos poucos a pessoa restabelece o seu bem-estar, “bem-pensar”, “bem-sentir”, “bem-desejar”, reencontrando a “essência”, o equilíbrio individual dentro do TO-DO, curando a si, ao outro e ao planeta. Sendo a cura pela imposição de mãos uma prática muito antiga em várias culturas, recebeu forte impulso com Jesus Cristo, que, impondo as mãos sobre as pessoas, curava-as. Antes de sua ascensão, ele afirmou que toda pessoa que acreditasse n’Ele teria o mesmo poder: “… Estes são os sinais que acompanharão os que tiveram crido; em meu nome… imporão as mãos sobre os doentes e estes ficarão curados…” (Marcos, 16,17-18). Mas esta orientação dada foi esquecida ou restrita aos bispos e sacerdotes. Esta cura deixou de ser uma prática comum nas igrejas cristãs. Buda também curava doenças físicas pela imposição das mãos, porém ao longo dos séculos o budismo concentrou-se na cura do espírito. Por coincidência, a técnica foi redescoberta por um cristão, convertido ao budismo: Mikao Usui (1865-1926), reitor da Universidade Cristã de Doshisha, no Japão. Ele sentiu-se desafiado por alguns alunos, enquanto discursava sobre os milagres de Jesus, que lhe perguntaram: “Se Jesus curava tantos doentes, por que isto não está acontecendo na igreja hoje?”. Ele não soube responder, pediu demissão e passou muitos anos percorrendo o mundo à procura disso. Foi depois de 21 dias de meditação e jejum que encontrou a resposta, sentindo que suas mãos curavam, comprovando em si e em outras pessoas, e chamou esta prática de REIKI. O REIKI não pertence a nenhuma religião, embora sua eficácia nos faça acreditar mais em Deus. A iniciação é uma cerimônia necessária assim como é um batizado, casamento, formatura etc. Pode adaptar-se a qualquer credo, porque a energia é universal, é de Deus, sendo a sua essência sempre a mesma: Imposição de Mãos. A pessoa que vai aplicar o REIKI torna-se um canal para a manifestação da energia que vem do Cosmo, e transmite através das mãos. Então, não é uma energia pessoal, daí o perigo da pessoa incorporar a idéia de que curou alguém; quando isto acontece, o aplicador costuma ter reações negativas no corpo, como dores de cabeça, enjôos, depressões, etc. O REIKI transmite energia para qualquer ser, seja animal, vegetal ou mineral. É muito comum aplicar nos alimentos, remédios, ou antes de ingerir um copo d’água. Tanto pode ser aplicado diretamente ou à distância. Apesar de toda eficácia, é bom não criar expectativas, já que a cura verdadeira acontece em etapas, como a casca de uma cebola que vai saindo em camadas. O ambiente: – Deve ser tranqüilo, sem nenhuma interferência externa (pessoas entrando e saindo da sala, telefone, etc.); – Pode-se usar música suave, incenso, luz suave e indireta, maca ou colchão (no chão), desde que seja combinado e que fique confortável para as duas partes. Contribuição: Mikao Usui teve várias experiências ao ensinar o Reiki e não ser reconhecido pelo seu trabalho; então chegou à conclusão de que é necessária a contribuição financeira, não para pagar a energia gasta, pois esta vem de Deus, mas pela disponibilidade e tempo gastos na aplicação; isto faz com que as pessoas aceitem melhor a técnica. Você vai aprender a sentir como uma força que vem do “alto” pode descer sobre suas mãos e atingir o corpo, mostrando que somos dignos e estamos a serviço de Deus, apesar de nossas “imperfeições”. “… E Jesus Cristo veio nos salvar… ainda quando éramos pecadores… (Rom 5, 8), e Ele quer nos usar independentemente de nossas impurezas e fraquezas. Enquanto estivermos conscientes de nossas faltas, podemos depender de Sua Força. OUTROS BENEFÍCIOS DO REIKI 1. Beneficia quem transmite e quem recebe, deixando ambos numa profunda tranqüilidade. 2. Aumenta a intuição e estimula a criatividade. 3. Reduz o stress. 4. Pode transformar vidas, ajudando a enfrentar desafios ou aceitar limitações, inclusive nos relacionamentos, podendo clarear qual é a vontade de Deus e ajudar a colocar-se nas mãos D’ele. 5. Aumenta a auto-estima e a auto-confiança. 6. Leva ao equilíbrio entre inteligência e amor, cabeça e coração. 7. Não tem efeitos colaterais 8. Equilibra o corpo antes de uma cirurgia ou de um parto. 9. Melhora hipertensão, diabetes, alergias, problemas cardíacos, respiratórios, asma, memória. 10. Dissolve tumores, pedras de rins, vesícula etc. 11. Equivale a quatro horas de sono. Os cinco princípios do REIKI: 1. No dia de hoje, não fique preocupado. 2. Seja honesto nos seus ganhos. 3. No dia de hoje, não fique zangado ou enraivecido. 4. Honre seus pais, seus mestres e os mais idosos. 5. Demonstre gratidão a cada ser vivo.

Suzete é Naturopata, Iridóloga e Instrutora dos Exercícios Visuais. Autora do livro: Cuide de Seus Olhos

Contato: suzete@saudeintegral.com

Sites: www.saudeintegral.com, www.iridologiasp.com.br e www.metodobates.com.br